NA WEB
    Google+

    Mixórdia Rubro-Negra

    Por em março 8, 2017
    taça rio flamengo

    Guanabara

    O Flamengo arrancou um empate no finalzinho e acabou derrotado nos pênaltis pelo FluminenC na final da Taça Guanabara.

    Resultado obviamente a se lamentar, sobretudo porque ficou a sensação de que houve um apagão no sistema defensivo rubro-negro. Até a virada em 2×1 parecia que era uma questão de tempo para saírem mais uns dois gols pelo menos. No entanto, os dois gols vieram do lado dos tricolete, mais uma vez em falhas bisonhas de um sistema defensivo perdido que nosso nobre treinador não conseguiu corrigir durante o jogo.

    Do lado mais fresco da partida, Abelão aproveitou muito bem a mixórdia que se apresentava com a entrada de Gabriel (sério quem é o padrinho do menino?), Berrío e Vizeu… e lá se foi definitivamente qualquer coerência. Guerrero ainda nos deu esperança com uma cobrança de falta magistral, que Zico, o Maestro Júnior e Pet assinariam embaixo!

    Berrío ainda teve a bola do jogo!

    Juro que por um instante vi o Carlos Alberto Torres entrando pela direita com a camisa amarelinha. Mas não, não era o Pelé com a bola. Era Berrío que não deve ter visto tantas vezes como eu o magistral lance que compõe um dos mais belos gols da história do Futebol…

    Vieram os pênaltis e, para mim, nosso nobre treinador errou novamente colocando os dois zagueiros para cobrar os pênaltis. Os dois tinham sido muitíssimos exigidos durante todo o jogo e digamos que com 3 gols contra não se portaram tão bem assim…

    Para piorar escalou Gabriel para fechar a série de cobranças! Para que? Para correr o risco de aumentar ainda mais a cobrança no garoto? Queimá-lo de vez com a torcida e com clubes que possam se interessar por ele? Além do mais, é reconhecida a necessidade de energéticos pesados para dali sair um chute e não um peteleco…

    Bom, resumindo:

    Não é o fim do mundo! Nosso caríssimo treinador teve uma capacidade de montar um bom time nos treinos do ninho e chega para começar bem os jogos. No entanto, na minha perspectiva as decisões de beira de campo, com o jogo rolando, são majoritariamente equivocadas. Dificuldade de leitura de jogo? Parece que ele mesmo reconheceu isso nessa final…

    Me preocupa, mas nada que não possa ser cobrado e corrigido da melhor forma possível…

    Libertadores QUÆ SERA TAMEN

    Hoje começa mais uma caminhada rumo à conquista da Libertadores da América!

    Para mim, que era muito pequeno para ver o time campeão do mundo jogá-la, esse é o plantel com mais qualidade que vejo encarar essa pedreira.

    Já está mais do que na hora de o Flamengo voltar a se qualificar como um dos grandes dentro de campo no cenário das Américas. Fora dele, sua grandeza é reconhecida através do que representa a Nação, mas nas quatro linhas temos deixado a desejar quando por lá passamos.

    A confiança é grande, o grupo é qualificado e está unido, salários em dia e a nossa casa está preparada: o Maracanã!

    Torcedor rubro-negro, você que estará nas arquibancadas e camarotes do sempre mítico Maraca (não tirarão dele essa característica), torça muito, grite, cobre, incentive deixe lá sua alma, porque assim esperamos que seja também dentro de campo. Vamos transmitir para os jogadores essa dedicação e entrega que todos temos em relação à nossa paixão que é o Flamengo!

    Você que verá de casa, faço o mesmo! Ampliaremos essa corrente que nos levará ao topo do mundo!

    Vai Flamengo! LIBERTADORES ainda que tardia!

    Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.