NA WEB
    Google+

    Semana apoteótica

    Por em março 12, 2017

    No meu último texto por aqui domingo passado falei da nossa vontade de desentalar o grito de campeão e mais uma vez ele ficou preso. Porém de lá pra cá foram tantas emoções, tantos gritos e tanto extravasamento de alegria que a Guanabara que já era pequena se tornou minúscula.

    O futebol é mesmo fantástico por isso, nos leva do amor ao ódio e novamente ao amor no intervalo de dois jogos. A nossa paixão de torcedor nos cega mas também nos faz emanar energias como aquela de quarta-feira. Quem pôde estar no Maraca na nossa estréia avassaladora na Libertadores sabe bem do que estou falando.

    O clima foi como há muito não sentia, realmente sensacional, desde a chegada até o fim apoteótico com uma vitória incontestável.

    O adversário estava sem ritmo? Azar o deles, passamos o trator assim como ontem, com nossos reservas, atropelamos a fraca Portuguesa.

    Foram 12 gols nos últimos 3 jogos, 3 lindos gols de falta e o mais legal, foram 10 jogadores diferentes a marcarem esses gols o que confirma nossa maior força esse ano, temos um elenco muito bom!

    Hoje estamos de folga depois de uma semana histórica onde não posso esquecer a maravilhosa homenagem feita pelo Flamengo ao Dia Internacional da Mulher. Eu e Marcelinha estivemos lá representando o Falando de Flamengo e juntamente com outras 40 rubro-negras felizardas tivemos a honra de dividir o campo da Gávea com ninguém menos que nosso Rei Zico. Marquei meu golzinho, dei passe e saí com autógrafo do meu técnico Julio Cesar Urigeller.

    Quarta tem mais emoção, jogo no Chile, Libertadores aumentando a dificuldade, precisaremos de muita concentração para tentar surpreender a Universidad Católica. Mesmo de longe vamos emanar aquela energia positiva em busca dos pontinhos para nossa classificação.

    Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.