Palpites do Pelaipe – U. Católica x Flamengo

Depois da girombada de 5×1 no Carioquinha, vamos voltar as atenções pra Libertadores. Nosso primeiro jogo fora de casa, contra um adversário que vem embalado pelo empate nos últimos minutos contra o Atlético PR. Somos mais time? Sem dúvida. É só não tremer na Chile, Flamengo. Como bem disse o Pará na coletiva, somos favoritos em qualquer lugar. Mas temos que nos comportar assim na partida, impor o nosso jogo, trabalhar a bola. Vamos pra cima.

UNIVERSIDAD CATÓLICA X FLAMENGO, QUARTA 15/03.

Placar: Universidad Católica 0 x 1 Flamengo.

Gol: Diego.

Melhores momentos:

  • O jogo começa e os chilenos partem pra cima, fazendo aquela pressão inicial. Muitas bolas alçadas na área. A zaga vai se comportando bem. Vaz ganha todas na cabeça.
  • Aos 17 minutos quase gol deles. Contra-ataque rápido nas costas de Trauco, a bola sobra na entrada da área, o atacante solta a bomba e a bola passa milímetros da trave. Muralha já estava batido. Ufa!
  • A resposta do Flamengo vem aos 26. Bela jogada de Everton pela canhota, ele passa pelo lateral em velocidade e cruza pra área. Guerrero se adianta da marcação, dá uma testada e… a bola trisca o travessão. Quase o primeiro.
  • No finalzinho do primeiro tempo Berrío ganha na corrida, entra na área, corta o zagueiro e leva um carrinho criminoso. PÊNALTI! O lateral rubro-negro precisa ser substituído. Rodinei entra na vaga.
  • Diego corre confiante e bate firme no canto. 1×0 Mengão e festa da torcida! Fim da primeira etapa.
  • Começa o segundo tempo. O Universidad volta disposto a arrancar o empate. Flamengo segue recuado levando pressão. O meio-campo não consegue mais armar as jogadas.
  • Aos 15 minutos Zé Ricardo tira Trauco e coloca Márcio Araújo. Everton vai pra lateral. A mexida deixa o time mais compacto na defesa, preenchendo melhor os espaços.
  • O jogo dá uma parada no ritmo. O time chileno sente o desgaste e o Flamengo não consegue chegar ao ataque. Somente alguns chutes de fora da área levam perigo à meta rubro-negra.
  • No finalzinho um puta susto. Márcio Araújo comete falta quase na linha da grande área. Os adversários correm pra cima do bandeirinha pedindo pênalti, mas o juiz confirma a falta. Na cobrança a bola explode na trave e vai pra fora.

Fim do sufoco. Pode respirar aliviado, galera. O juiz aponta pro centro do campo e o Mengão confirma sua segunda vitória. 6 pontos em 2 jogos. Classificação encaminhada. Tudo de vento em popa na caminhada rubro-negra. MENGÃO DO MEU CORAÇÃO!!!

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.