NA WEB
    Google+

    Vaz avalia que não cometeu erros decisivos

    Zagueiro foi perguntado se era adepto do chutão ao chegar ao Rio, no desembarque do Flamengo. Ele errou oito lançamentos durante o jogo contra a Universidad Católica

    Por em março 16, 2017

    Após a derrota para do Flamengo para a Universidad Católica em Santiago (CHI), Rafael Vaz foi um dos atletas que conversaram com a imprensa. Ele teve uma atuação ruim em Santiago, mas considera que não cometeu erros decisivos. “Não foi uma má atuação. Se não fosse aquela bola parada, não tínhamos perdido o jogo. A não ser essa recuada minha, eu não cheguei a ter falhas que foram decisivas. Então, não foi uma partida ‘drástica’, mas também não foi 100%.” disse o zagueiro, que explicou o lance em que ele deu um ‘presente’ para o atacante Santiago Silva, que desperdiçou. “Infelizmente, eu fui recuar a bola para o Muralha, mas não olhei antes. Foi só um lance, bem atípico. Mas acontece. Estou bem tranquilo e agora é voltar aos trabalhos. Final de semana tem jogo”, lembrou.

    Vaz falou ainda sobre o seu estilo de jogo. Ele errou oito lançamentos na partida contra os chilenos, mas diz que a saída de bola é um pedido do técnico Zé Ricardo. “O professor pede sempre para eu sair jogando, ele pede para que eu não pare de fazer o meu jogo. Procuro fazer o que o meu treinador pede. Às vezes vai dar certo e às vezes vai dar errado. Infelizmente, uma hora dá errado e outra dá certo. Estou aqui para segurar qualquer coisa”, disse.

    Vaz foi questionado se era adepto do ‘chutão’. Ele respondeu e seguiu para o ônibus do Flamengo. “É engraçado. Se a gente tentar dar um chapéu e erra, é culpado. Se a gente dá chutão, também é culpado. A gente não sabe mais o que faz para agradar. Mas se nem Deus agradou a todos, quem sou eu para agradar?” perguntou.

    L!

    Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.