Flamengo precisa de 9 pontos nos próximos 3 jogos para se garantir na Libertadores

Depois de iniciar a Libertadores com uma vitória por 4 a 0 sobre o San Lorenzo, o Flamengo conheceu sua primeira derrota diante da Universidad Católica, por 1 a 0, na última quarta-feira. E o tropeço fez ligar o sinal de alerta no time carioca quando o assunto vira uma classificação às oitavas de final.

A chance aumentou de uma possível vaga vir apenas na última rodada, no duelo fora de casa contra o time do Papa, na Argentina.

Caso isso aconteça, a campanha se tornará parecida com a do Botafogo, que iniciou goleando os argentinos no Maracanã, assim como os comandados de Zé Ricardo, mas acabou sendo derrotado no Nuevo Gasómetro e eliminado na fase de grupos.

Ganhar do Furacão na Arena da Baixada

Para não ter a mesma tarefa árdua do Glorioso em 2014, o Flamengo tem um jogo como chave nesta competição: a batalha na Arena da Baixada diante do Furacão.

flamengo-libertadores-2017

No dia 12 de abril, os cariocas recebem os paranaenses, ainda sem local definido. Seguindo o planejamento da comissão técnica de vitórias como mandante no torneio continental, o Flamengo volta a enfrentar o Atlético-PR duas semanas depois, pela quarta rodada, com status de decisão.

Bater a equipe de Paulo Autuori em Curitiba significa uma classificação matemática garantida, claro, vencendo o duelo na rodada seguinte contra a Católica, no Rio de Janeiro.

No entanto, está na Arena da Baixada uma das principais pedras no sapato do Flamengo como visitante. São, ao todo, 27 jogos do Furacão recebendo com o time rubro-negro, com apenas duas vitórias do time carioca.

Portanto, para escapar de uma decisão diante dos argentinos, conquistar nove pontos nos próximos três jogos é algo essencial para as pretensões da equipe de Zé Ricardo na Libertadores.

Fox

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.