Google+

Clássico de casa fora de casa

Por em Março 26, 2017

Domingo de clássico dos milhões, seria dia de acordar e já se preparar para a visita ao grande templo do futebol, o meu quintal preferido. O lugar onde passei momentos inesquecíveis, onde conheci e me apaixonei pelo futebol. Foi amor à primeira vista, à primeira subida de rampa.

Já brinquei naqueles largos degraus de arquibancada, já deitei, rolei, caí, chorei e vibrei muito. Tardes em família, com amigos, amigos que mantive laços devido à essa paixão que podemos dividir com milhares de conhecidos e desconhecidos, que nos abraçam nos momentos de alegrias e cedem os ombros naqueles momentos de tristeza. Xingamos juntos, gritamos juntos e garanto aqui, fomos muito felizes na alegria e na tristeza.E esse amor que foi herdado, hoje também é passado de pai/mãe para filhos, por mais destroçado que esteja, o amor verdadeiro não morre e por mais que queiram com todas as forças destruí-lo, eu tenho certeza que ele vencerá.

É difícil manter esta esperança analisando meus 40 anos de vida, onde hoje triste percebo que somente os abnegados estão sobrevivendo e lutando para que nossa paixão pelo futebol não seja totalmente destruída. Aquele velho Maraca já não mais existe mas não posso me conformar que queiram acabar com o que sobrou dele. Essa destruição ainda nos custou milhões e por isso mesmo não podemos cruzar os braços e deixar que façam do nosso patrimônio a continuação dessa festa de privilégios e desvios.

O Maraca é nosso, do povo, dos que amam o futebol, dos milhões de apaixonados que não ganham dinheiro com ele e sim gastam para terem apenas tardes e noites de emoção. Diante disso nem sei se assisto a esse jogo que de tão distante da minha realidade vai ocorrer. Campeonato Carioca, que já pouco vale por aqui ir parar tão longe? Tá tudo muito errado nessa lógica de ganâncias. Parem de nos fazer de otários, cancelem esse maldito lixo de licitação fraudulenta e nos devolvam o direito de escolher o que é melhor para o povo!

Neste jogo somos todos perdedores e tá difícil de achar razão para comemorar qualquer coisa no dia de hoje. Só queria ganhar esperança hoje, queria voltar aos anos que sonhava e despertar desses pesadelos revoltantes a que somos submetidos todos os dias. Que o próximo mosaico seja #ForaOdebrecht #OMaracaÉNosso, permitir que vendam uma licitação suspeita, lucrem e ainda repassem para empresas igualmente suspeitas e investigadas, só pode ser uma piada que estão querendo nos contar.

2 Comments

  1. Pingback: Clássico Fla x Vasco em Brasília? Não! Queremos o Maraca de volta! – Damas do Esporte

  2. Letycia

    26 de Março de 2017 at 19:38

    quantos ta o jogo

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *