NA WEB
    Google+

    Flamengo sem riscos

    Por em abril 24, 2017
    flamengo

    Pela segunda vez em 2017, o Flamengo entrou em campo com três volantes, mas, ao contrário da primeira contra a Universidad Católica, no último dia 15 de março, quando perdemos por 1 a 0, em Santiago, desta feita, tudo funcionou como o previsto pelo técnico Zé Ricardo.

    Na vitória por 2 a 1, sobre o Botafogo, neste domingo (23), no Maracanã, o Rubro-Negro quase não correu riscos, e não fosse uma bobeada do nosso capitão Réver, que até então tinha ganhado todas as jogadas, aos 40 minutos do segundo tempo, quando cometeu pênalti infantil sobre o alvinegro Sassá, teria sido ainda mais tranquilo.

    Com o resultado, o Flamengo enfrenta o Fluminense, que no sábado (22) goleou o Vasco por 3 a 0, na final do Estadual. Há 22 anos, desde o gol de barriga de Renato Gaúcho em 1995, que um Fla-Flu não decide o Campeonato Carioca.

    flamengo

    Antes porém, na próxima quarta-feira (26), teremos pela frente mais um importante confronto pela Libertadores, diante do Atlético (PR), em Curitiba. Nesta partida, Zé Ricardo deve optar, novamente, pelo esquema com três volantes. É torcer para dar certo, para voltarmos do Sul com, pelo menos, um ponto na bagagem.

    Volantes

    Detesto admitir, mas dos três volantes o que teve a melhor atuação foi o sempre criticado, inclusive por mim, Márcio Araújo. Rômulo sentiu, claramente, a falta de ritmo de jogo e Arão, como de hábito contra o Botafogo, não esteve bem.

    Vaz

    De volta ao time por causa da contusão do argentino Donatti, o zagueiro jogou o feijão com arroz, e não cometeu os erros grosseiros de jogos anteriores. Ter a consciência de que não é mais titular absoluto, fez bem a ele.

    Éverton

    Sem atuar desde 26 de março, quando saiu machucado no empate (2 a 2), com o Vasco, em Brasília, mostrou que faz muita falta ao time. Pelo seu lado, saíram as melhores jogadas de ataque rubro-negras.

    Guerrero artilheiro do Flamengo

    Com os dois gols marcados no clássico, o peruano assumiu a artilharia do Campeonato Carioca, com nove, ao lado de Adriano, do Nova Iguaçu. Como já disse em textos anteriores, 2017 será o ANO de Guerrero com o manto sagrado.

    Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.