NA WEB
    Google+

    Vale título, Flamengo? É obrigação!

    Por em abril 24, 2017
    maracanã flamengo

    Companheiros e companheiras de mesa de bar, primeiramente, vale título? É obrigação!

    Ontem, mesmo com chuva e com uma preguiça gigantesca, que só o Ferjão nos proporciona fui ao Maracanã, a curiosidade para saber como o Zé Ricardo iria se virar sem o Diego e a vontade de bater na cachorrada moveram meus 120 kg rumo ao Mário Filho.

    O 4-1-4-1 com três volantes deu certo, ao menos ajudou ao treinador a fechar a casinha, com o Arão com mais liberdade, o Flamengo foi ofensivo sem perder o meio campo, fez um jogo seguro, destaque positivo para Trauco, Guerrero e Everton, com uma parêntese para o Vaz, que ontem fez um jogo sério, sem firulas e foi muito bem no que se propôs.

    maracanã flamengo

    Notas negativas: Arão, mais uma vez disperso, parece amarelar contra os chorões; Muralha, menos pelo pênalti, mais pela insegurança na saída do gol, duas ou três bolas poderiam ser agarradas e ele socou; Márcio Araujo, ia bem, até quase dar um gol para a cachorrada, esse é o grande problema dele, o Romulo errou o jogo todo, mas, não criou oportunidade, o erro do Márcio é certo! perigo de gol, por isso da implicância.

    Eu por ser hipertenso, não posso ter esse tipo de jogador no meu time. Saber que ele vai fazer uma merda durante seu tempo em campo é ter a certeza que o lugar dele é longe da Gávea.

    Sem Diego o Flamengo trabalhou muito bem as triangulações pelas pontas, Trauco, Everton e Romulo de um lado, Pará, Arão e Gabriel do outro impuseram uma velocidade interessante, sabemos então, que contra o “Genérico do Paraná” teremos essas duas saídas rápidas e com Guerrero inspirado, acho que dá para pontuar e quem sabe voltar com os 3 pontos.

    O time com os 3 volantes fica mais compacto, passamos menos sustos, contudo, não ter Diego não é uma opção viável, Zé Ricardo tem a missão de dar essa segurança ao nosso setor defensivo, com o craque em campo, na quarta feira é apostar na velocidade dos pontas.

    Voltando ao Flamengo e Botafogo. Nâo fizemos mais do que a obrigação, com nosso elenco, nossa diferença de faturamento e investimento, chegar à final é obrigação com o time reserva, a discrepância é enorme, não chegar na decisão seria um fracasso, sendo assim, fizemos o mínimo.

    Agora o que nos resta é ser politicamente incorreto e bater nas meninas, o time da camisa cheia de cor é bem montado pelo Abel, mas, volto a afirmar a obrigação é nossa. Não ganhar o Estadual é sim um fracasso, temos obrigação com o titulo, que só não vale nada para quem não ganha. Título é Titulo, o Ferjão é obrigação e estamos conversados.

    Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.