Google+

Flamengo perde de virada e é eliminado na Libertadores

Por em maio 17, 2017
flamengo guerrero

O Flamengo está fora da Copa Libertadores. Com uma atuação inteligente até a metade do segundo tempo e com uma pane no minutos finais, o Rubro-negro perdeu de virada por 2 a 1 para o San Lorenzo-ARG, no estádio Nuevo Gasómetro, em Buenos Aires. Rodinei abriu o placar – Angeleri e Belluschi deram a vitória aos donos da casa na noite desta quarta-feira (17). O resultado eliminou os cariocas, classificou os argentinos e deu a vaga também ao Atlético-PR, que bateu a Universidad Católica por 3 a 2, em Santiago.

flamengo guerrero

Flamengo suporta pressão inicial e abre placar com Rodinei

O Flamengo começou o jogo desnorteado e sofreu com a tradicional pressão inicial do San Lorenzo. Acuado, o Rubro-negro teve problemas e poderia tranquilamente ter saído atrás no placar. Apesar das dificuldades, os cariocas se seguraram e ainda alcançaram o melhor dos cenários com um belo gol de Rodinei. Iluminado nos jogos decisivos, o lateral-direito acertou um sem pulo de fora da área aos 14min. Everton cobrou o escanteio e Blandi cabeceou. A bola chegou na medida para o arremate do camisa 2 – substituto do suspenso Pará -, que venceu o goleiro Navarro.

Escalado para fortalecer o Flamengo pelos lados do campo, o colombiano Orlando Berrío teve uma noite para esquecer. Ele escorregou, errou tudo o que tentou e irritou bastante os torcedores. O técnico Zé Ricardo não teve alternativa e o substituiu no segundo tempo. O volante Romulo entrou para reforçar o setor de meio de campo do Rubro-negro.

Paolo Guerrero teve mais uma atuação de destaque no Flamengo. O atacante foi fundamental no papel de pivô e segurou a defesa argentina na segunda etapa. Apesar do considerável espaço entre meio de campo e ataque, o peruano deu a segurança necessária para o Rubro-negro dominar a bola e não passar tantos sustos. O San Lorenzo pouco chegou e errou bastante. Quando ameaçou a meta carioca, Angeleri empatou após bobeada de Matheus Sávio aos 29min. Alex Muralha ainda salvou o Flamengo nos minutos finais, mas nada seria capaz de tirar a vaga rubro-negra.

A exemplo do que ocorreu no jogo contra a Universidad Católica e até mesmo diante do Atlético-PR, a torcida do Flamengo voltou a marcar presença fora de casa para apoiar o time no sonho de conquistar o bicampeonato da Copa Libertadores. Os torcedores compareceram em excelente número no Nuevo Gasómetro e apoiaram o clube do coração durante os 90 minutos de um jogo capital para a sequência na principal competição do continente.

UOL

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *