Google+

Flamengo enfrenta os verdadeiros católicos da Libertadores

Por em maio 17, 2017
san lorenzo

Bem… Um desfalque na torcida o San Lorenzo já tem. Papa Francisco não acompanhará a decisão. Quando a bola rolar o relógio já estará marcando quase duas da matina no Vaticano. Mesmo que a idade permitisse, o simpático líder da Igreja Católica acorda as quatro. Além disso, não assiste televisão desde 1990 por causa de um voto feito (Sim… Pesquisei saporra toda no Google. Sabe com são essas noites meio insones em véspera de jogo da Liberta).

san lorenzo

Se seu torcedor mais ilustre está fora da decisão, o San Lorenzo anda bem acordado desde que chegou aos cochilos e foi goleado no Maracanã na estreia da competição. Ressuscitou milagrosamente no grupo após um começo de campanha desastroso, e vem de uma Santíssima Trindade de vitórias seguidas no Campeonato Argentino, duas fora de casa… Ok… Foram contra dois times da meiúca e um da rabeira da tabela, mas de qualquer forma é um dado. Além disso, os hermanos chegam sem desfalques para a decisão de logo mais.

Do lado de cá… Do lado de cá… Zé Ricardo ainda está refletindo sobre o que fazer em mais um capítulo da novela “Nossa Vida Sem Diego Ribas”. Certa é a entrada do Esperamos-Decisivo-de-Novo-Rodinei no lugar do Pará, que cumpre suspensão. Na meíúca paira aquela dúvida sobre Saraújo-Rômulo-Arão, ou se a aposta em Trauco mais avançado, pra fomentar a possibilidade da sua sincronia com o Guerrero dar certo mais uma vez, será a opção. Bem… Não dá mesmo pra saber, e não seria surpresa se uma terceira alternativa aparecesse e fosse usada. Daí o técnico que sabe já que ele é pago pra isso. Mesmo porque a reação e rótulos da torcida são bem previsíveis. Ousado, se der certo. Maluco, se der errado.

E esse é o cenário para a noite mais tensa do ano até o momento. Jogo na Argentina com o adversário precisando da vitória. Tudo bem… ACHO que o Furacão, que anda atravessando uma fase meio brisa, não vai ganhar da Universidad Católica fora de casa, e qualquer revés paranaense (incluindo um empate) nos garantiria a vaga mesmo com um eventual tropeço. Mas… Sei lá… Melhor garantir essa bagaça por nossos próprios esforços. Vai que…

Então… Boa Noite de Liberta para todos nós, e que… Ahn? Como? Ah… Tem alguém aqui me perguntando se a melhor opção na frente seria o Berrío ou o Gabriel, e se essa escolha é meio seis ou meia dúzia. Sou suspeito, mas no barato o colombiano já é um reforço a mais caso ocorram alguns empurrões e rusgas mais calientes durante a partida.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *