Google+

Flamengo e o 7×1

Por em outubro 16, 2017
flamengo

O futebol tem como missão, ser o esporte do inponderável. O esporte aonde o fraco ganha do mais forte. O esporte aonde uma equipe pode jogar melhor durante os 90 minutos e ao mesmo tempo sofrer o gol da derrota durante os acréscimos. Portanto, não é a toa que o futebol leva a fama de ser esporte mais popular e mais apaixonante de todo o planeta Terra. Em suma, o futebol é foda.

Mas nem por isso, podemos nos deixar levar pela carga de adrenalina que é inerente a prática do futebol. É claro que em um nível amador, o que conta mesmo é o talento dos jogadores e a disposição de partir para cima do adversário. Seja em um campo de terra, seja no asfalto ou em um campo de grama.

flamengo

Porém, quando falamos de futebol em um nível profissional, um planejamento extremamente bem elaborado é fundamental. É óbvio que isso não garante título algum, mas contribui e muito para o sucesso de uma equipe de futebol.

Até hoje, muitos tratam o 7 a 1 aplicado pela seleção Alemã em cima do Brasil, como um acaso ou um desastre futebolístico… mas não foi.  Apesar da célebre frase que diz que o “7 a 1 foi apenas a ponta do iceberg”.

E essa famosa frase que hoje parte da zueira do futebol, traduz exatamente a realidade dos fatos. E contra fatos, não há argumentos.

Após vários fracassos, a seleção de futebol da Alemanha resolveu transformar os seus diversos erros em lições aprendidas. E com isso, resolveu elaborar um planejamento que a levasse a conquistar novamente o Campeonato Mundial de futebol. Algo que havia acontecido pela última vez em 1990.

Ao contrário de um time de futebol que disputa diversas competições durante o ano, a Copa do Mundo só acontece a cada 4 anos. Portanto, o objetivo do planejamento englobava mais de uma edição do tal torneio.

E na Alemanha, não teve ano mágico. O que teve e muito , foi trabalho duro (e de forma inteligente).

E afim de se conquistar uma mentalidade vencedora, todos os entes responsáveis pelo o futebol no país (jogadores, clubes, federações locais e seleção) tiveram a humildade de propor juntos (despidos de toda e qualquer vaidade) uma solução única. E que essa solução fosse uma ótima saída para clubes e a seleção local.

De posse de seu planejamento, a seleção Alemã o pôs em prática. E poucos anos depois, a coroação do planejamento quase que impecável, teve a sua glória máxima. As metas foram alcançadas e o objetivo que era vencer a Copa do Mundo, foi alcançado em 2014.

Além de ser campeã, a seleção Alemã eliminou a seleção Brasileira em uma semifinal, dentro do Brasil e ainda aplicou sem piedade o famoso e histórico 7 a 1. Acho que nem os alemães imaginavam um desfecho tão glorioso para o seu planejamento que foi produzido de forma tão meticulosa.

Me desculpem… mas o 7 a 1 não é obra do acaso.

Além de um planejamento de jogo muito bem feito para a semifinal, não foi coincidência uma seleção que construir o seu próprio CT (com 14 casas) somente para  disputar a Copa do Mundo, além da academia local também não possuir ar condicionado, justamente para que os jogadores pudessem se ambientar ao calor do horário das partidas. Isso não foi apenas coincidência.

Não é possível que tenha sido coincidência que uma seleção adote as cores do principal time do Brasil (O Flamengo) em sua camisa de jogo, além de terem participado de diversas causas sociais no país sede.

Não é possível que tenha sido coincidência que após o investimento em diversos centros de treinamentos de futebol construídos na Alemanha, tenham revelado muito jovens talentosos e promissores, e que entre eles estivessem o jovem Gotze, que marcou o gol do título da Copa em pleno Maraca.

Não é possível que tenha sido coincidência que todo o conhecimento tático, técnico e a aplicação de novas tecnologias/metodologias na prática do futebol alemão tenham sido um mero acaso durante todo esse ciclo de planjemento, e em especial durante a Copa do Mundo.

Não é possível que tenha sido apenas coincidência, que a seleção alemã formou técnicos para dirigir suas seleções.

Não é possível que tenha sido apenas coincidência, que os treinos da seleção Alemã tenham sido realizados ao meio dia e que a mesma Alemanha tenha entrado em campo durante a Copa às 13:00.

É meus amigos… A seleção Alemã demonstrou para as demais seleções do torneio e também para os demais clubes de futebol espalhados pelo ao redor do planeta, que só ter muito dinheiro não basta. A Alemanha é a prova que de que, o que realmente importa, é que você saiba gerenciar de maneira inteligente a quantia de dinheiro que você tem.

E parece que isso, o Flamengo não vem sabendo fazer. Pois a cada ano que passa, o clube arrecada mais, e contrapartida, os títulos não vem. E ano após ano, o clube vem acumulando fracassos esportivos. Além de eliminações vexatórias.

Ao contrário da seleção Alemã, que teve humildade de aprender com os próprios erros, me parece que o Flamengo ainda não teve essa pretensão. Ao menos é o que me parece, ao ver as atitudes do dia a dia do futebol do clube.

O fracasso do futebol do Flamengo e o sucesso da seleção Alemã, não podem ser apenas coincidências.

Torço para que o Flamengo ainda esse ano, conquiste a Sulamericana. Porque assim, ao menos faremos o nosso gol de honra. Porque a partida em si, nós já estamos perdendo por 7 a 1 há muito tempo.

Saudações Rubro Negras.

One Comment

  1. FirstWilhemina

    4 de novembro de 2017 at 05:50

    I see you don’t monetize your page, don’t waste your traffic, you can earn extra cash every
    month because you’ve got hi quality content.
    If you want to know how to make extra money, search for:
    Boorfe’s tips best adsense alternative

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.