Google+

Flamengo e Botafogo fazem Clássico decisivo e esvaziado

Por em Fevereiro 10, 2018
flamengo

Dez… Nota dez… No quesito coerência para os palhaços (des)organizadores do Carioqueta. Após a semifinal no Engenhão entre Boavista e Bangu com menos de três mil testemunhas presentes, e que “rendeu” pouco mais de 25 mil caramingolés a serem somados ao mar de prejuízos financeiros da competição, o primeiro Clássico que realmente vale alguma coisa acontece em Volta Redonda. E como ninguém comentou até agora a venda antecipada, tá com “mó” cara de que não lota. Tanto faz também. Mesmo se esgotassem os ingressos, seria um público diminuto.

Se nas planilhas financeiras o resultado não será digno de nota, em campo o Flamengo segue sobrando na turma. Superávit de pontos e com a defesa ainda zerada até o presente momento da competição.

flamengo

Para manter o zero na tabela na coluna dos gols sofridos, contamos com a estreia na temporada da nossa dupla de zaga titular com Juan e Réver. Os treinos da semana deram a entender que Carpegiani irá manter a revolução interna com um único volante. Como ele fez umas pegadinhas no jogo contra o Nova Iguaçu e mandou pra campo uma formação que não foi a mais testada na semana anterior ao jogo não dá pra ter certeza.

Certa mesmo é a estreia do Ceiflador, que bem merecia um pontapé inaugural com um pouco mais de glamour. Mas não há de ser nada. Pelo menos inicia sua história por aqui em um Clássico e, convenhamos, o cara agora recebe pagamentos em dia, o que por si só, apesar de ser apenas um direito de todo trabalhador, dado o recente passado do rapaz, já é uma ostentação interessante.

Clássico é Clássico e vice-versa, mas como chegamos até essa semifinal com um pé nas costas e usando nem o time reserva em muitas das rodadas, nem aquele calafrio que percorre a espinha de todo rubro-negro consciente quando escuta a expressão “vantagem do empate” deve pintar. A pressão está toda do lado de lá e…

Do lado de lá… Após a constrangedora e até certo ponto previsível eliminação contra o Aparecidense, já que o simpático clube goiano é a versão de lá da nanicada do Carioqueta, que por aqui fez o povo de General Severiano chor… Ops… Suar um litro pra conseguir uma vaguinha no G2 da Taça Guanabara, o técnico Felipe Conceição já passa a ser sério candidato a ter a cabeça ceifada (com trocadilho) ainda no início da temporada. Faz mudanças no time em relação ao jogo contra os goianos e abandona a formação com três zagueiros. Entendo bulhufas daquilo lá, mas parece que vem com o que usou durante a maior parte do Carioqueta. Não há de ser grande coisa.

De qualquer forma, já é um teste um pouco mais interessante na preparação para a estreia contra o River Plate no dia 28. A dúvida é se Carpegiani vai oficializar a formação com um volante como um padrão daqui pra frente. Se sim, é firmar a novidade e usar a Taça Rio, já que serão mais dois Clássicos, para escolher quem será o encarregado, já que Cuéllar não jogará as duas primeiras na Liberta.

Carnaval. Época de animação, alegria, sensualidade e erotismo. O Rio de Janeiro vai de Wesley Safadão no Maracanã e Campeonato Não Menos Safadão no Raulino de Oliveira.

Bora torcer.

Isso aqui é Flamengo.

PETISCOS

. DEZ DEZ. Com a divulgação da numeração oficial para a temporada 2018, Diego vira oficialmente o nosso camisa 10.

. NÓS TAMBÉM. Como Trauco ainda não entrou em ação e segue fazendo condicionamento físico, os peruanos andam preocupados com o seu lateral esquerdo para a Copa do Mundo. Tamo junto, hermanos. Nós também andamos preocupados com ele… E com os outros três laterais.

. ENEM. Último tripulante da barca que partiu em doses homeopáticas, Vaz vai para a Universidad do Chile e pode ter o Vasco como adversário na fase de grupos da Libertadores.

. PELO MENOS COM CAMPO. Conmebol fez um draminha, mas autorizou o jogo contra o River na Ilha do Urubu. Já não vai ter torcida, e como a farra no Maracanã só acaba lá pelo dia 26, por pouco não ia ser sem campo também.

MESA DA ARCOIRIZADA

. LITERALMENTE DA COLINA. Vasco vai mesmo ter que subir a montanha para a segunda etapa na Liberta. O Boteco aqui avisou que ia ser fácil na primeira fase. Essa agora… Sei não…

. JOGO DE INVICTOS. Apesar da pontuação modesta e da segunda vaga no grupo, o Botafogo é o outro único time que ainda não perdeu no Carioqueta.

. METADINHA. O tribunal já viveu dias melhores e gloriosos com muitas conquistas para o fluminenCe. Hoje qualquer ganho é ganho. Nobreza do Laranjal conseguiu diminuir de 30 para 15 % a mordida da justiça na grana pela venda do Wendel.

Colem nas redes, Urubus, UruBoas e Antis:

https://twitter.com/sorinmercio

https://www.facebook.com/mercio.querido

https://www.facebook.com/BotecoDoFlamengo/

https://www.youtube.com/botecodoflamengo

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *