NA WEB
    Google+

    Torcida lota Maracanã na véspera de confronto com estádio vazio

    Que torcida é essa? Que torcida é essa?

    Por em abril 18, 2018

    Pelos cálculos oficiais, pouco mais de 45 mil. Conhecendo bem o Maracanã e suas formas paralelas de acesso, deve significar que umas 50 mil pessoas estiveram presentes ao treino aberto, um dia antes do confronto com portões fechados pela Libertadores.

    A grande presença em uma tarde de terça-feira, como não poderia deixar de ser, acabou fomentando as eternas e relativamente recentes discussões sobre precificação, torcedores excluídos dos estádios após o raio fifetizador e afins. Se por um lado a equação é difícil de resolver por conta da (também eterna) falta de um estádio pra chamar de nosso, por outro não é um problema só do Flamengo e sei lá como vai resolver isso.

    Eduardo Bandeira de Mello optou pelo caminho mais fácil ao ser questionado e depositou o problema nos braços do Consórcio e suas altas taxas, e também no governo do estado e sua falta de decisão sobre uma possível nova licitação do Maracanã. Defesa justa não fosse aquele calcanhar de Aquiles, a gestão de estádio que consegue não fazer lotar a acanhada Ilha do Urubu, inclusive com a eterna opção de fechar setor de uma arena minúscula por falta de demanda.  Deve ter alguma coisa errada.

    No campo, os treinos da semana indicam que devemos ter a mesma equipe que empatou com o Vitória na rodada inaugural do Brasileirão. Não houve indicativo nem pelo sim e nem pelo não se La Intensidad marcará presença no Maraca logo mais.

    Do lado de lá… Do lado de lá… Após sequência de cinco jogos sem vitória (4E, 1D) no Colombianão, o Santa Fé demitiu o treinador, transformando o duelo dessa quarta em um confronto de interinos. O time empatou as duas primeiras na Liberta e chega cheio de problemas no setor defensivo. Não conta com um volante, o goleiro, e dois laterais esquerdos, tendo que improvisar por ali. Bem… Sobre problemas nas laterais… Tamo junto, Santa Fé.

    Uma vitória hoje não garante, mas deixa muito bem encaminhada a nossa classificação para a próxima fase da Libertadores. O adversário não é forte, vem em crise, e nós não temos desfalques fora a ausência da torcida. Só nos resta torcer para que as imagens e sons de mais uma tarde mítica da Nação no Maracanã ecoem e continuem surtindo efeito nos corações e mentes dos nossos atletas.

    Bora torcer.

    Isso aqui é Flamengo.

    PETISCOS

    . NADA TÁ BOM. Nem é tanta surpresa assim, mas no Twitter tem gente que consegue reclamar até de festa. O treino aberto foi bacana e ainda arrecadou uma montanha de comida para ajudar quem tem fome. Só esse último fator já bastava pra endossar a festa.

    . DUELO INÉDITO. Não há estatísticas. Flamengo e Santa Fé nunca se enfrentaram na história. Contra outras equipes colombianas o retrospecto é favorável (8V, 1E, 3D)

    . DE OLHO NOS MEMES. Na equipe que deve ser titular, olho nos caras com nomes potencialmente “memáveis”, já que adoramos levar gol da classe. Gordillo e Plata.

    . SEM SOLUÇÃO. Mesmo com festa de caráter beneficente os cambistas marcaram presença. Estavam cobrando 10 pratas pelo ingresso.

    . NOVO LOOK. Filial audiovisual e página no Facebook com novo visual. Repaginação feita pelo brother Ernesto Marioti. A Gerência agradece.

    MESA DA ARCOIRIZADA

    . TANGO DE DESPEDIDA? Vasco já na Argentina para enfrentar o Racing. Com um ponto na competição, uma nova derrota não define, mas acena com um adeus ainda na fase de grupos. Não estamos em condições de criticar. Se é que vocês me entendem.

    . HUMILDADE COERENTE. Diante das limitações de elenco e financeira, dá pra entender as entrevistas do técnico e de alguns jogadores do Botafogo comemorando o empate em casa com o Palmeiras.

    . ME DÁ UM DINHEIRO AÍ. Segue a novela Scarpa. Clubes e jogadores continuam sem entrar em acordo e o fluminenCe implora por um qualquer, um jogador em troca, uma marmita, um estojo de maquiagem. Qualquer coisa.

    MESA DA VODKA

    . NOVO MESTRE DE CERIMÔNIAS. A CBF, Circo Brasileiro de Futebol, está de presidente eleito. Rogério Caboclo, candidato único e com votação quase unânime (Bandeira se absteve) é o novo líder da casa. Diz ele que a tônica será “eficiência e integridade”. Como o local tem organização padrão 7 x 1, Caboclo só assume o cargo em abril de 2019.

    MESA DA JOGATINA

    . Somando a pontuação dos 12 titulares do Flamengo no Cartola, a marca alcançada na primeira rodada foi de 36,99. Média de 3,08. Fraco.

    . Na Liga BOTECO DO FLAMENGO HND, o time C.R.U (Leandro Thomaz) largou na frente na disputa, mitando com 101,45 pontos e já somando quase 140 cartoletas.

    Colem nas redes, Urubus, UruBoas e Antis

    https://twitter.com/sorinmercio

    https://www.facebook.com/mercio.querido

    https://www.facebook.com/BotecoDoFlamengo/

    https://www.youtube.com/botecodoflamengo

    Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.