Google+

Dorival é recebido com acarajé frio e sem tempero

“Uou, uou, uou, uou, nada mudou…”

Por em setembro 30, 2018

Na primeira partida com Dorival à beira do gramado o Flamengo manteve a sua regularidade. Irritou “nóis tudo”, igualzinho vem fazendo desde que a bola do Mundial da Fifa parou de rolar nos gramados russos.

Dorival nem deve ter ficado muito triste. Na entrevista, ao ser apresentado, elogiou várias vezes o Barbieri, chegando a dizer que “é esse tipo de futebol que acredito”. Já que era isso aí “merrrrmo”, nossos nutellinhas optaram por não decepcionar o novo comandante e despejaram sobre o gramado da Fonte Nova generosas porções de incompetência, falta de vontade e futebol insosso.

Após um primeiro tempo inexistente, com mais de 60% de posse de bola e nenhum empenho, o Flamengo “finalizou” três vezes. Isso se a gente tiver muito boa vontade com alguns petelecos fracos e esmirrados em direção ao gol do Bahia. Já a equipe tricolor correspondeu à falta de tudo do Flamengo, nada fazendo também.

Na volta do vestiário o Flamengo melhorou algo em torno de 0,5%, com uma margem de erro de 0,5%. No fundo isso quer dizer que o aparente maior volume de jogo não engana ninguém. Na prática tivemos só duas chances boas de verdade (com otimismo). Uma no último lance do jogo com o Arão, e  outra em que o goleiro dos caras até tentou dar um presente pro Vitinho, mas o rapaz foi educado (além de displicente e um grandissíssissimo Zé Ruela) e recusou a oferta.

Dava pra passar uma noitinha matando saudade da liderança. Contudo a realidade é nossa expulsão do Z4, após a vitória do Grêmio ao apagar das luzes contra o fluminenCe.

Apesar da atuação patética (mais uma), ER declarou ao deixar o gramado um constrangedor “a gente tentou”.

Nem vale a pena acionar o secador nesse domingo. Nossos adversários acima que ainda jogam na rodada, São Paulo, Inter e Palmeiras, na verdade não são nossos inimigos na disputa. O Flamengo segue se arruinando por si só.

Essa semana tem técnico novo e mais uma das tais Semanas Cheias até o jogo contra o Corinthians na sexta. Teremos um monte delas até o fim da temporada, já que mandamos as outras competições todas pro espaço. Talvez… Talvez… A semana acabe não sendo tão cheia assim, caso botem o povo pra treinar só meio expediente. Vamos observar.

Infelizmente, pelo não andar da carruagem, podemos ter que presenciar outra vez na rodada 38 uma comemoração histérica com sexto lugar e vaga na Liberta.

Bora torcer.

Isso aqui é Flamengo.

PETISCOS

. VITINHO. Às vezes precipitado, às vezes displicente, às vezes incompetente. Pelo preço que custou, em alguns lances o Vitinho parece querer NÃO resolver tudo sozinho e estragar ele mesmo a jogada sem a participação dos amiguinhos

. TIO DORIVAL. Pela quantidade de erros de passe, a Semana Cheia vai ter que começar a ser trabalhada de maneira beeeeem básica, com alguns fundamentos de escolinha.

. VAGA CATIVA? Acho que o menino Paquetá acha que convocação pra Seleção é que nem concurso público. Passa uma vez  e tem estabilidade. Mal sabe ele que Tite tá vendo essa presepada toda.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.