NA WEB
    Google+

    Flamengo enfrenta adversário mediano e natureza extrema na estreia da Libertadores

    Por em março 5, 2019
    san jose flamengo libertadores da america 2019 oruro bolivia

    Chegou o dia.

    Enquanto boa parte da Nação trabalha o fôlego pelas ruas do país com os dois pés no Carnaval e a cabeça na Bolívia, a hora de iniciar nossa jornada na competição mais importante da temporada, E QUE AGORA A GENTE DISPUTA TODO ANO ATÉ DAR CERTO, já está aí.

    Apesar de não ser o adversário mais forte do grupo com a bola nos pés, muito pelo contrário, o San José vem com aquele reforço nato de muitos clubes na Libertadores, A Altitude.

    E nem adianta choramingar sobre como  a Fifa e a Conmebol são  cruéis em deixar a bola rolar em lugares onde o avião tem que subir pra poder pousar. Os caras moram lá… E é lá que eles vão mandar os jogos pra sempre. A não ser, é claro, se um dia acontecer um problema fatal com algum atleta “do nível do mar” nesses duelos. Improvável por conta dos avanços médicos na preparação antes dos confrontos.

    san jose flamengo libertadores da america 2019 oruro bolivia

    Com Rhodolfo fora, Léo Duarte segue ao lado de Rodrigo Caio na zaga, o que é natural. Não muito normal e com cara de invencionice desnecessária é a saída do Éverton Ribeiro pra entrada do Arrascaeta. Não que o gringo não tenha qualidade pra fazer parte dos 11  iniciais. Tem e muita. O problema, aliás O Problema, é botar o cara na direita, já que além de todo mundo saber que não é onde rende melhor, isso já ter sido visto na prática e em tons óbvios em partidas contra a nanicada do Ferjão. Mas enfim…

    Lá no alto… Lá no alto… O San José, apesar de tradicional e vencedor do Clausura 2018, vive um momento de meio de tabela no Bolivianão. O técnico argentino está pressionado e o time tem um histórico recente bem irregular. Tem um brazuca veterano na equipe titular, Marcelo Gomes. Outro brasileiro por lá, Edivaldo Rojas, apesar de reserva, fez gol no último jogo da equipe, com titulares poupados.

    Nossos compatriotas, ambos naturalizados, foram citados pela curiosidade. O principal adversário hoje, e que não pode ser desprezado de forma alguma, é mesmo A Altitude.

    Contra ela o Flamengo usa aquele arsenal que já conhecemos de outros carnavais. Cilindros de oxigênio, chegada à cidade poucas horas antes do jogo, muito papo com os atletas pra preparar o psicólogico, vitaminas, exercícios respiratórios e o escambau.

    Nosso retrospecto contra Ela não anima. Uma vitória em cinco jogos. De qualquer forma, tirando o jogo de 83, quando nosso time tinha a força que a gente bem lembra, mesmo quem ainda não tinha nascido, nas outras oportunidades, de 2007 pra cá (vencemos em 2008), nenhum dos elencos era melhor que o atual.

    Bora respirar.

    Isso aqui é Flamengo.

    PETISCOS

    . ALTURA EM DOBRO. Se os 3700 metros arriba já são um problema, Abel mostrou preocupação nos últimos treinos com nossa bola aérea defensiva, que realmente não anda vivendo seu melhor momento.

    . O OTIMISMO DO BÁSICO. Declaração do Pará sobre a Libertadores: “Primeiro vamos buscar a vaga nas oitavas e depois ir passo a passo até o título. Isso que faz um time vencedor e estamos no caminho certo”. Bem… O projeto é irrefutável.

    . ESTREIA COM GLAMOUR DE FINAL. O juizão do confronto é Nestor Pitana, o mesmo da Final da Copa do Mundo da Rússia.

    . TOUCHDOWN OSTENTAÇÃO. Nosso time de Futebol Americano lançou o novo uniforme. O modelo? “Apenas” Russel Wilson, quarterback (principal posição do esporte) Campeão do Superbowl pelo Seattle Seahawks.

    . PRA COMEMORAR. Zicão, nosso eterno Galinho de Quintino, completou 66 anos. Data comemorada como o Natal Rubro-negro nas redes sociais. Vida longa ao Messias.

    . PRA LAMENTAR. O BoTTeco registra e lamenta o falecimento de Michel Pinciara, membro da Urubuzada e autor do samba do bloco da mesma neste Carnaval. Em vida, honrou e muito a expressão que define a torcida: “Defensores do Manto”.

    Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.