NA WEB
    Google+

    Flamengo enfrenta uma das piores equipes do Ferjão

    Por em março 19, 2019
    madureira flamengo taça rio 2019

    🎼🎼🎼🎼“Quando chegar o momento, esse meu sofrimento, vou cobrar com juros, juro…”🎼🎼🎼🎼🎼

    Ao “som” do Mítico tricolete Chico Buarque, já que firmamos parceria com a Nobreza do Laranjal e o Abel se acha no direito de proferir opiniões sobre o sagrado DNA do Nosso Flamengo, o BoTTeco comemora, E MUITO, a última partida Oficialmente Modorrenta da Temporada 2019.

    Oficialmente porque, por circunstâncias que fazem parte do mundo do esporte, por exemplo, as duas últimas na fase de grupos da Libertadores (já estaremos classificados) e as duas ou três derradeiras do Brasileirão (já jogando bêbados e com a faixa no peito) não valerão muita coisa. Apesar de longe de serem comparadas com esse limbo das emoções e das finanças que atende pelo nome de Ferjão.

    Abel, que deveria ter enviado a força máxima (sim, mudamos de opinião) no final de semana, já que o adversário era algo um tanto mais forte, faz isso hoje. Dos 11 iniciais, não contaremos com o espetacular e vitalício Cuéllar. Fora ele, outros gringos do nosso estrelado elenco estarão servindo as suas seleções.

    madureira flamengo taça rio 2019

    Uma vitória garante a vaga na semi do estadual, mesmo se o Vice vencer a Taça Rio e o G4 virar G2. Já em relação à Taça Rio, como a Boca de Cemitério aqui proferiu um “dificilmente a Cabofriense vai ganhar do Vasco”, deu no que deu.

    Porém… Porém… Como a Cabofriense enfrenta o Voltaço nessa rodada, e o Bangu pega o Vasco em São Janu na última, ainda é bem plausível avançarmos. É… No fim das contas nem vale nada e de repente uma folguinha pra treinar seria bem vinda. Mas, mesmo valendo menos que jogador do Botafogo no Cartola FC, é de bom tom avançar só pra evitar aquelas planilhas chatas de Cheirinho que a Arcoirizada manda pro nosso WhatsApp.

    Do lado de lá… Do lado de lá… Caos e desordem futebolística. O Tricolor Suburbano contabiliza 1v 3e 5d na competição, o que o deixa a 1 ponto do Z2, a zona de “classificação” para a luxuosa e torrada pelo sol de dezembro seletiva, também conhecida como Pré-Carioqueta. Com esse currículo recente e sem jogador com nome estranho no provável time titular (o máximo que rola é um Cláudio Maradona), vai dar Flamengo.

    No mais, é garantir a vaga geral, ficar de olho nos prováveis tropeços (nessa ou na última rodada) de Bangu e Cabofriense (a que ponto chegam nossas tarefas de torcedor no Estadual…), e comemorar a despedida desse purgatório fétido que é a fase inicial do Carioqueta… E que dura quase até o fim.

    Bora classificar.

    Isso aqui é Flamengo.

     

    PETISCOS

    . SALVEM O MARACANÃ. Não faz muito tempo que o outrora Maior do Mundo passava o tempo todo fechado. Com a canetada do Governador Witzel, e com a provável retaliação jurídica da Honrada e Injustiçada Odebrecht… É melhor ficar de olho nessa possibilidade. O Consórcio já até batizou o treco: “limbo jurídico”.

    . TOCA PRO MILAGREIRO. Com a atual mágoa do Rodinei com a torcida, alguém lembrou que no início da temporada Cruzeiro, Grêmio e Inter mostraram interesse em levar o lateral. Uma coisa eu digo… Se taca no Mago Reciclador de Refugos, Renato Gaúcho, tá arriscado o cara virar o melhor lateral do Brasileirão.

    . AINDA NA LATERAL. Pará completa 200 jogos com o Manto. Entre fases e Fases, até que o atual momento não é dos piores. Mesmo porque o cara trabalha ali na direita com o Éverton Ribeiro. Daí facilita.

    . RASGANDO DINHEIRO. O futebol brasileiro é um universo tão paralelo e sem sentido, que o Flamengo precisa se reunir com a Ferj, o Consórcio, a Polícia e o Papa, pra mostrar que, por exemplo, não faz sentido reservar 7 mil lugares para 50 torcedores, como ocorreu no jogo contra a LDU.

    . GAMBIARRA. É tudo levado tão nas coxas, que a nota do Consórcio sobre a decisão do Governador começa com: “A empresa Complexo Maracanã SA ainda não tomou conhecimento da íntegra do decreto do governo”. Pô… Não dava nem pra esperar alguém ler a bagaça antes de começar a chorar em caráter oficial?

    . OUTRO TRECHO. Outra passagem bem curiosa, o típico caso do sujo falando do mal lavado, é essa: “é de conhecimento público as mazelas ocorridas no passado quando o Maracanã era administrado pela SUDERJ”.

    Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.