NA WEB
    Google+

    Flamengo atropela San José e recupera liderança do grupo na Liberta

    Por em abril 12, 2019
    Everton Ribeiro Flamengo San Jose Libertadores 2019

    PASSEIO ANTES DA DECISÃO

    1, 2, 3, 4, 5, 6…

    Sem seu principal jogador, o tal de Altitude, o San José da Bolívia não deu nem pro começo na noite de quinta no Maracanã.

    Ninguém esperava dificuldade, mas gol aos dois minutos e expulsão do lado de lá aos 4, prenunciaram que a coisa ia ser feia pro time de Oruro.

    A potencial facilidade era tanta que o Flamengo acabou fraquejando um pouco na marcação. No gol dos caras, que nem chegou a assustar em um plano geral, a combinação do toque de bola gringo com a nossa momentânea paralisia tornou a jogada até bonita. Se bobear, o mais belo deles em toda a temporada. A título de curiosidade, têm 34 gols em 16 jogos no Bolivianão.

    Everton Ribeiro Flamengo San Jose Libertadores 2019

    Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

    A FLA-MAS, torcida que mesmo em noite de seis gols não cessa suas atividades, reclama das muitas chances desperdiçadas na primeira etapa e de ter levado gol do time mais fraco do grupo. É… Em teoria, pra fazer 6 tem que perder outros tantos. Ainda mais com Nosso Nove de fora. E o gol deles dá pra creditar fácil ao anticlímax que rolou entre…. Maracanã Lotado e Clima de Liberta x O Adversário é Mais Fraco que o Botafogo.

    Agora é pensar no Vice pelos próximos dias. Libertadores agora só após o segundo jogo da Final, quando o Flamengo volta a subir a montanha, ainda que mais modesta que a de Oruro. Precisamos de um ponto nos últimos dois jogos pra passar. Mas, sem clubismo algum, cabe mais. LDU e Peñarol não assustam. Nosso tropeço diante do segundo veio muito por conta da nossa fraca atuação.

    Com a boa noite de Arrascaeta, Abel sofre ainda mais pressão pela utilização do cara como titular. Quem sai? Na humilde opinião aqui do espaço, isso depende muito da situação e do adversário.

    Em condições normais… Mete o gringo, saca o Arão, e avisa pra todo mundo do meio pra frente: “Ok… Cês têm talento, mas tem que dar um gás na marcação que é pro Cuéllar não ter que fazer tudo sozinho”. Em situações que exigem menos… Ímpeto ofensivo, digamos assim… (fazer o que? Elenco Ostentação é assim mesmo), vê lá com os benditos números da fisiologia quem tá melhor. Diego ou Arrasca em campo… E Arão (que por sinal precisa ser muito mais regular) nos reforços defensivos.

    O time tá pronto porque goleou o San José? Não. E nunca vai estar. Sempre um ajuste ou outro terá que ser feito. No momento, a zaga parece ser o setor mais carente de ajustes para os grandes desafios que chegam junto com o fim do primeiro terço do ano. Mas também… Nada que não dê pra resolver com as opções existentes.

    Bora gritar campeão.

    Isso aqui é Flamengo e a Final é contra o Vasco.

    Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.