flamengo

A distância do Flamengo pros outros só faz aumentar

Tava refletindo aqui. Na verdade venho pensando nisso de forma recorrente desde o atropelamento de domingo, já que o dois a zero saiu de graça pra eles. Teci breve comentário sobre na Seção Petiscos do texto anterior.

Apesar da minha memória ser uma grande bosta (e você está proibido de comentar que o texto também), não consigo lembrar de nenhum período em que a diferença de qualidade entre o Flamengo e o Vasco, e olha que estou me limitando ao elenco, foi tão grande. Lembro que em 99, aquele do Rodrigo Mendes, o time deles era nitidamente superior, mas sem os exageros de agora.

Alguém pode pensar… “mas e no nosso timaço do início dos anos 80?”. Sei lá… Mas no barato tinha o Dinamite, que já era melhor que uma pá desses que entraram em campo no domingo somados.

flamengo

Tô falando só do Vasco. Caudiquê o fluminenCe é um clube que disputa divisão do futebol brasileiro a qual não pertence. Um café-com-leite por assim dizer. E o Botafogo… Ah… O Botafogo é o Botafogo. Não dá pra levar muito a sério.

Tragicamente, se ninguém fizer grande besteira do lado de cá nos próximos anos, e se não pintar ninguém responsável do outro lado, coisa que o Campello vem demonstrando seguidas vezes que não é o forte dele, esse abismo tende a se aprofundar.

E é grave. Porque estou falando de piorar uma situação que já está do jeito que está, com o Vasco tendo encarado três rebaixamentos.

Domingo é dia de mais um vice nessa verdadeira via crúcis humilhante diante do maior rival. O torcedor do Vasco que tem 40 anos tem vagas lembranças daquele gol do Cocada. Se tanto.

Fora minha fidalguia em pensar no sofrimento dos amigos cruzmaltinos mais próximos (tenho até um sobrinho que descambou pra lá), rola também uma certa aflição. Vocês hão de concordar que, apesar do nosso Gigantismo, a gente escapou de uns trecos assim por pouco. Passamos pelas terríveis “o dinheiro acabou”; “eles fingem que pagam”; pacotes de reforços oriundos do América, Ipatinga e outros… Mas sobrevivemos bem.

Largo a marreta vez ou outra porque sou um “véio” meio dado ao anarquismo, mas QUE BOM ter aparecido esse povo Azul-Verde-Roxo-Rosa  no meio do caminho!!!! Fundamentais pro nosso futuro. Simplesmente fundamentais.

Acabamos assumindo uma imensa responsabilidade social, né? E aqui já trago pra mesa os outros dois componentes do Trio Ternura. Essa gente só encontra alegria agora nos nossos tropeços. Muita responsa envolvida.

Pra sorte deles, como qualquer clube no Brasil e na maior parte do mundo, vamos perder mais campeonatos que ganhar na linha temporal. Só assim pro lado de lá sorrir constrangido e afastar um pouco o desespero.

Cada um que carregue a sua cruz. E a nossa é de isopor. Ainda bem.

Bora evoluir.

Isso aqui é Flamengo.

PS. Redigi uma hora antes do início de Santos x Vasco. No chute… Dois a zero Peixe e pré-adeus Copa do Brasil.

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.