Arquivo da tag: diego

Diego, Conca e Everton no clássico contra o Botafogo

O zagueiro Réver não parece preocupado em fazer mistério para o clássico deste domingo, contra o Botafogo, às 11h (de Brasília), no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Apesar dos treinos parcialmente fechados durante a semana, o capitão do Flamengo acha que não tem muito o que esconder do adversário e, inclusive, diz esperar contar com três reforços rubro-negros.

diego
(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

Em entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira, no Ninho do Urubu, Réver festejou os possíveis retornos do meia Diego, recuperado de lesão no joelho direito, e do atacante Everton, também recuperado de um problema no tornozelo direito. Além disso, destacou a importância de contar com Conca, que pode estrear depois de se recuperar de uma cirurgia no joelho.

– O Diego é uma peça fundamental na nossa equipe por tudo o que ele representa dentro e fora de campo. Acredito que ganhamos com o retorno do Diego após esse tempo longe dos jogos. Todos nós ficamos felizes com a possível reestreia, posso dizer assim, do Diego. Isso se vier a ser confirmado. O Everton ficou fora dois jogos só. É um jogador que vai ser titular. Não vejo algo para se esconder. Todo mundo sabe da capacidade que tem o Conca, está à disposição do treinador. O Diego também. São peças fundamentais para o treinador – disse Réver.

Everton está recuperado de um pisão no tornozelo direito sofrido no último dia 20, na vitória por 3 a 0 sobre o Atlético-GO. Já Diego se machucou no primeiro jogo do Flamengo contra o Atlético-PR pela Libertadores, em 12 de abril. Conca se recuperou de cirurgia no joelho esquerdo. Os três estão treinando normalmente com o elenco.

Apesar de não dizer se Conca, Everton e Diego jogarão contra o Botafogo, Réver é contra mistério.

– Não vejo qual o motivo de fazer mistério. Todo mundo de repente sabe qual vai ser o time do Flamengo, o time do Botafogo. Não acredito muito nesse troço de ficar escondendo. Não tem como você esconder isso – completou.

GE

Flamengo pode ter Diego e Conca em condições para pegar o Botafogo

Depois de retornar ao Rio de Janeiro com um ponto na bagagem pelo empate contra o Atlético-PR, pelo Campeonato Brasileiro, o Flamengo vai ter uma semana livre de trabalho até o clássico diante do Botafogo, na Ilha, muito provavelmente na Ilha.

E o técnico Zé Ricardo deve ter dois reforços de peso para encarar o arquirrival: Diego e Conca.

diego flamengo

Em fase final de recuperação de suas respectivas lesões, a dupla deve estar à disposição para o duelo. Titular absoluto, o camisa 35 deve começar desde o início caso seja liberado. Já o argentino deve iniciar no banco de reservas.

Apesar dos indícios, o comandante rubro-negro preferiu não antecipar se vai ter dois dos mais badalados jogadores  do elenco na partida do próximo domingo, às 11h.

“São questões que vamos responder durante a semana. Os dois já trabalham com bola, com o Diego um pouco mais avançado. Vamos esperar o departamento médico até quarta-feira. Estamos tentando programar jogo-treino para essa semana para ver como estão”, relatou Zé.

Sem Diego, o Flamengo enfrentou dificuldades, ainda que tenha conquistado o Campeonato Carioca sem o seu principal jogador. Desde que saiu do time, o Rubro-negro foi eliminado da Libertadores. Foram seis vitórias, três empates e duas derrotas.

UOL

Diego inicia “semana importante” e se aproxima de retorno

O retorno do meia Diego aos gramados está cada vez mais próximo. Quase um mês depois de lesionar o ligamento colateral medial e o menisco medial do joelho direito, o jogador deve voltar antes do previsto – a previsão inicial era de que o armador retornasse aos treinamentos com o elenco de quatro a seis semanas depois da lesão, que aconteceu no dia 13 de abril.

Em entrevista após o título carioca do Flamengo, Diego explicou que iniciará, nesta semana, novas fases do processo de recuperação. Por enquanto, ele treina apenas separado do restante do grupo. Nos próximos dias, começará trabalhos com bola e deve ser reintegrado ao elenco para retomar o condicionamento físico.

– Essa semana vai ser uma semana importante, vai exigir um pouco mais de todos os trabalhos. Então, vamos esperar para ver como vai reagir. Mas estou bem otimista. A partir daí, a gente decide o dia (do retorno) – disse o meia.

diego

Questionado sobre a possibilidade de já voltar a jogar contra o Atlético-GO, na próxima quarta-feira, no Maracanã, às 19h30 (de Brasília), pela Libertadores, Diego preferiu ser cauteloso:

– Vou esperar amanhã (segunda-feira). O treino de amanhã para ver como vou me sentir – completou.

Conca próximo da estreia

Enquanto Diego tenta se reencontrar com a torcida rubro-negra, o meia argentino vive a expectativa de estrar pelo Flamengo. Recuperado de uma cirurgia mais séria no joelho, Conca já treina normalmente com todo o elenco, participa de coletivos com contato com outros jogadores e aguarda a comissão técnica para estrear.

– Estou o mais pronto possível. Quando estiver bem, o doutor, o fisioterapeuta, o treinador, todo mundo vai escolher a data certa. Dizer agora que estou em condições seria fácil para mim. Isso só vai ser dito no dia que eu entrar e demonstrar que tenho condições. O técnico tem me apoiado, tem falado isso. A confiança do treinador sempre é boa. No momento certo, vai decidir me colocar – disse Conca.

GE

Diego revela que Neymar e Dani Alves perguntaram sobre Flamengo

O meia Diego revelou que o momento atual do Flamengo despertou a curiosidade de Neymar e Daniel Alves.

Em entrevista ao “Esporte Interativo”, o rubro-negro disse que a dupla fez perguntas ao camisa 35 no período em que estavam reunidos com a seleção brasileira.

“Nós estávamos comendo e eles perguntaram como era o Flamengo. E eu disse: ‘olha, é tudo isso e mais um pouco mesmo. Se quiser, a gente dá um jeito. Arrumamos um espaço para vocês lá’. Logo depois eles deixaram claro que sonham em vir para cá mesmo. Foram muito sinceros nas declarações”, disse Diego.

diego

Recentemente, Neymar já tornou público o desejo de um dia defender a camisa rubro-negra. Já o lateral manifestou que gostaria de jogar no Bahia, clube que o projetou, ou no São Paulo, seu time de infância.

Ainda em recuperação de de uma lesão no joelho, Diego não vai estar presente na decisão do Carioca. Neste domingo, o Fla pega o Fluminense, às 16h, no Maracanã, com a vantagem do empate.

UOL

Flamengo: melhor apostar em outro camisa 10 ou se fechar com três volantes?

Depois de nove meses com uma liderança incontestável em campo, o Flamengo ficará de quatro a seis semanas sem Diego. Para manter o time competitivo, Zé Ricardo, que não costuma inventar, tem duas opções naturais dentro do que treinou recentemente: ou mantém o 4-4-2 bem-sucedido contra o Atlético-PR, com a dobradinha Renê-Trauco, ou aposta nos três volantes que levou a campo na partida diante da Universidad Catolica.

diego flamengo

Renê e Trauco seguem com um novo 10

No 4-4-2 com Renê e Trauco, Zé precisa mexer apenas uma peça – no caso do provável retorno de Everton, na vaga de Gabriel, seriam duas mexidas. Ou seja, definir o substituto de Diego entre Mancuello, Matheus Savio e Lucas Paquetá. Os dois primeiros têm maiores chances. Savio, inclusive, treinou como 10 em teste que Zé fez pensando na possibilidade de não ter Diego contra o Furacão (o meia sentiu o adutor e teve sua escalação na última quarta ameaçada). Esta, aliás, foi a formação do time após a saída de Diego.

flamengo

Flamengo com três volantes

Líder do grupo, o Flamengo pode entrar com escalação mais cautelosa nos próximos jogos e atuar com três volantes. Zé testou tal configuração na derrota por 1 a 0 sobre a Catolica, partida na qual o Fla foi superior na maior parte do tempo, mas acabou vazado na bola parada. Romulo entraria, e a parte ofensiva ficaria por conta de um armador (novamente Savio ou Mancu), com Everton (Gabriel) e Guerrero na frente.

Mancu e Savio juntos; Renê sai

Outra possibilidade testada antes de Flamengo 2 x 1 Atlético-PR foi com Mancuello na ponta (não jogou por conta de indisposição estomacal) e com Sávio na armação. Nesta opção, Trauco volta para a lateral esquerda, e Renê acaba sacado.

Berrío e quinteto gringo

Zé Ricardo pode chegar ao limite do uso de gringos para suplantar a ausência de Diego. Desta maneira armaria o Fla com dois volantes, um ao lado do outro, abriria Berrío na direita, Everton na esquerda e colocaria Mancuello centralizado no meio de campo. Guerrero comanda o ataque. O esquema seria bem semelhante ao que treinador adaptou Mancu desde o início do ano. Gabriel disputa posição com o colombiano no lado direito.

flamengo

GE